Autoconfiança e suas consequências

Olá tudo bem contigo? Em nosso Mindset Digital de hoje quero compartilhar com você sobre a Autoconfiança e as suas consequências, não sai daí que já te encontro após a vinheta…

Há uma frase de Dalai Lama que diz: Determinação, coragem e autoconfiança são fatores decisivos para o sucesso. Se estamos possuídos por uma inabalável determinação, conseguiremos superá-los. Independentemente das circunstâncias, devemos ser sempre humildes, recatados e despidos de orgulho.

Uma coisa é inegável muitas atividades que desenvolvemos dependem na maioria das vezes da nossa autoconfiança.

Um bom exemplo disso é o jogo de Ping-Pong ou tênis de mesa. Se você já brincou o jogou para competir de forma séria vai saber do que estou falando. Segundo a OMS – Organização Mundial de Saúde, estudos recentes da medicina esportiva revelaram que os esportes de raquetes são os mais completos para a saúde.

Ajudam emagrece de forma natural; diminui o estresse e melhora o humor; e veja isso que bacana “aumenta a autoconfiança e a vontade de superar limites”. Nesta modalidade de esporte, quanto mais autoconfiança maior é taxa de assertividade.

Antes de acerta o golpe ele já acertou mentalmente e se não estiver autoconfiante, da mesma forma, ele já se enxerga mentalmente errando o golpe e tenta acertá-lo no momento da execução. Assim como a confiança em acertar o ajuda significamente o medo de errar também tem a suas consequências e o prejudica na sua performance.

Há também estudos que definem que o grande diferencial entre o que está no topo do pódio e o que está lá em baixo na classificação, está na força psicológica com que cada um encara os principais pontos do jogo.

Autoconfiança tem implicações em todas as áreas da vida, na trajetória acadêmica, nas paqueras, na vida profissional, em nossos relacionamentos, etc…

Uma coisa ninguém pode negar, todos nós gostamos de estar pertos de pessoas de espírito de alto-astral. Sendo assim, você, eu, precisamos acreditar em nós mesmos, pois sempre que precisarmos que as pessoas nos apoiem, teremos que transmitir a elas autoconfiança. É demonstrar plena certeza do que está falando, apresentando ou fazendo.

Pessoas que estão confiantes de sua capacidade, de suas habilidades, conseguem transmitir confiança para as pessoas ao seu redor. Isto me faz lembrar da minha primeira venda como representante comercial, na cidade de Ribeirão Preto – SP.

Eu peguei uma pasta de representação de produtos de papelaria e informática, quando entrei no primeiro cliente, foi numa loja de informática, então o dono da loja me recebeu muito educadamente. Daí comecei a apresentar os produtos para ele que tínhamos em nosso catalogo. Após passar os olhos em alguns dos nossos produtos ele começou a indagar sobre umas placas de computador. Uma tremedeira generalizada tomou conta do meu corpo, porque como eu não sabia nada de informática eu não tive autoconfiança diante dele e tentei disfarçar minha falta de conhecimento. Um dia iremos falar aqui no canal sobre o grave problema do medo de falar três palavrinhas mágicas: “eu não sei”.

Voltando, ele então disse, você está começando agora? Eu respondi, estou, é o meu primeiro dia, e estou com vergonha de você, pois não sei te responder as perguntas. Resultado: eu não vendi nada para ele, mas aquela venda me marcou, ele me deu vários conselhos, sobre ler mais acerca dos produtos, me preparar melhor para apresentar minha pasta e que eu tinha um bom perfil de vendedor e que eu me daria bem. Na verdade, o que ele me ofereceu valeu mais do que tivesse me comprado meus produtos.

Eu saí dali confiante que era um vendedor, e também saí consciente que precisava me preparar mais. Depois de me preparar melhor, as vendas aconteciam e fluíam naturalmente.

Já estive com muitas pessoas nessa minha trajetória de vida, te confesso que muitas delas não eram gênios brilhantes, no entanto, eram pessoas tão convictas de sua capacidade, habilidades e talentos que nos primeiros minutos de conversa com elas você consegue perceber como são extremamente extraordinárias.

São pessoas que exalam autoconfiança, que podem não ser gênios, todavia conseguem receber as melhores propostas, vendem com maestria todos os seus projetos, e realmente são muito admiradas e se tornaram pessoas bem-sucedidas financeiramente.

As pessoas hoje estão confundindo ostentação com sucesso, isso não tem nada haver. Encerro esse vídeo lhe dizendo algo muito precioso: somente aquelas pessoas que estão plenamente convictas de sua capacidade é que de fato irão conseguir transmitir confiança para aqueles que estão ao seu redor.

E aí e você como se qualifica? Como uma pessoa autoconfiante ou uma pessoa ainda limitada por inseguranças e medos? Compartilhe conosco nos comentários abaixo.

Gostou, deixe aquele like que ajuda outros a serem alcançados por esse vídeo também.

Ainda não é inscrito, inscreva-se e não esqueça de ativar o sininho.

Lembrou de alguém enquanto me acompanhava, envie o link desse vídeo para ele ou para ela, seja um agente do bem. Obrigado pela a sua atenção e até o nosso próximo Mindset Digital.

Caso deseje ver a versão em vídeo, acesse o vídeo abaixo!!!

Se você ainda não é inscrito em nosso canal, inscreva-se, ative o sininho das notificações e fique sempre por dentro das novidades.

Siga-nos em nossas redes sociais e cadastra-se em nossa Newsletter e receba conteúdos exclusivos.

Equipe Siga O Lucro

Junte-se aos EXPERTS do Empreendedorismo Digital

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não enviamos spam. Seu e-mail está 100% seguro!

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.